XX Encontro Anual da RMPI contemplou o Novo Marco Legal de C,T&I, transferência de tecnologia e desenvolvimento regional

Nos dias 26 e 27 de novembro, a Universidade Federal de Juiz de Fora sediou o XX Encontro da Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMPI) que reuniu os representantes dos Núcleos de Inovação e Tecnologia (NITs) de diversas instituições de ensino e apoio à pesquisa do estado. O CRITT da UFJF foi responsável pela organização do evento.

Foram estruturadas duas mesas redondas, sendo a primeira delas, com enfoque sobre as implicações práticas do Novo Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação. A mesa foi composta por Gesil Sampaio, coordenador de Transferência de Tecnologia do NIT UESC (Universidade Estadual de Santa Cruz), que enfatizou a importância dos investimentos governamentais para se manter as pesquisas das universidades públicas. Contou com a participação do diretor executivo da Inova Unicamp, Newton Frateschi:  “O papel da Universidade é criar talentos que façam inovação e dar a eles todo suporte necessário para isso.” Frateschi ressaltou ainda a importância das universidades tentarem alinhar suas políticas de inovação entre si, para construírem juntas um ecossistema inovador. Em seguida, Diana Azin, procuradora federal, salientou que as procuradorias devem colaborar com as instituições, para que elas possam se desenvolver sem entraves.

A segunda mesa promoveu a debate acerca de como a inovação gerada pelos NIT’s pode ajudar a região a se desenvolver, principalmente, economicamente. Como integrantes da mesa, assessora de Transferência de Tecnologia da PUC RS, Marli Elizabeth Ritter,  a coordenadora da região Sudeste do Fortec, Ana Lúcia Torkomian e o professor da Faculdade de Economia da UFJF, Fernando Perobelli.

Cristina Assimakopoulos, especialista em parcerias e recursos da Vale, apresentou as expectativas das empresas diante das mudanças que o novo Marco Legal propõe. Houve ainda a apresentação do case da Proveu, antiga empresa incubada do Critt da UJFJ, que pontou as contribuições do processo de incubação junto à Universidade para seu desenvolvimento.

No dia 27 de novembro, foi realizada uma singela homenagem à Professora Elza Araújo, da UFV, fundadora da RMPI e uma das pioneiras nacionais em prol da propriedade intelectual. Também no dia 27, ocorreu a sessão Plenária da Rede, contando com a participação de seus membros, dentre os quais a UEMG, representada pelo Coordenador do Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia – NIT-UEMG, Profº. Pedro Nascimento.

A analista do NIT-UEMG, Cristiane Aguiar, também presente no evento, avaliou como muito positivo o encontro, diante das temáticas contempladas e experiências compartilhadas: “Muito ainda temos que realizar, e os encontros da RMPI propiciam troca muito rica entre os participantes e estímulo para continuarmos nossa trajetória, entendendo que dificuldades e desafios são comuns à todos, inclusive para instituições mais experientes. Aproveitamos estes encontros para realizar aproximação junto aos atores e instituições e também para articular algumas visitas técnicas em outros NIT’s do Estado, em busca de aprendizado e fortalecimento da nossa atuação”, enfatizou Cristiane.

foto XX encontro RMPI JF 2018 2

 

Com informações do site do CRITT da UFJF:

Fonte: http://www.ufjf.br/critt/2018/11/28/marco-legal-desenvolvimento-regional-e-homenagens-marcam-o-xx-encontro-da-rmpi/

 

NIT - Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia | UEMG

nit@uemg.br

Av. Presidente Antônio Carlos, 7.545 - Hall, São Luís - Pampulha - cep: 31270-010 - Belo Horizonte/MG - tel: +55 (31) 3439-6534